Instalações e Infraestrutura

 

A Barenbrug do Brasil, uma empresa do The Royal Barenbrug Group, foi fundada em 2012 e está localizada no município de Guaíra, estado de São Paulo, local onde a empresa estabeleceu uma unidade fabril ao estilo “estado da arte”, contando com o que há de mais moderno no mercado mundial no processamento de sementes forrageiras.

Toda a infraestrutura, máquinas e equipamentos são de ultima geração e foram especificamente projetados para análise, processamento e armazenamento de sementes de  espécies forrageiras. O complexo industrial está equipado ainda com escritórios, campos de pesquisa, estufas e laboratório próprio de análises, possibilitando a avaliação da qualidade de nossos produtos em cada etapa do processamento.

 

A proposta de valor da Barenbrug do Brasil é oferecer ao mercado soluções produtivas a partir de sementes forrageiras diferenciadas por seu excelente valor cultural e genética inovadora, trazendo consigo alto potencial produtivo.

 

Nossa infraestrutura compreende grandes instalações destinadas ao armazenamento e limpeza de sementes, permitindo grande escala de produção atual e futura.

 

As cultivares da Barenbrug do Brasil são resultado de programas locais e internacionais de pesquisa e desenvolvimento de produtos que combinam métodos tradicionais de melhoramento com os últimos avanços em Biotecnologia.

 

Unidade de beneficiamento de sementes

 

Nossa UBS incorpora inovações tecnológicas no processamento de sementes em acordo com as empresas do Grupo Barenbrug nos EUA, Canadá, Holanda, Nova Zelândia e Austrália, fazendo com que os protocolos de segurança e padrão de qualidade aplicados sejam de alto nível, e compatíveis com os requisitos exigidos pelo Grupo Barenbrug a nível global.

 

A unidade industrial da companhia em Guaíra-SP é a única do gênero no país considerando sua capacidade de operação, desenho e processos industriais, especialmente elaborados para o tratamento de sementes.

 

Nossos equipamentos são importados da Dinamarca, desenhados especialmente para o beneficiamento de sementes forrageiras tropicais. A linha de produção é contínua e automatizada, dirigida por um software projetado pela Barenbrug do Brasil.  Isto permite que o produto final atinja um valor mínimo de pureza física de 95%. O sistema de processamento ocorre em um circuito fechado, assegurando mínima liberação de resíduos e subprodutos no ambiente.