Barenbrug adquire o negócio de Brachiaria da Corteva Agriscience, Divisão Agrícola da DowDuPont

A Barenbrug do Brasil e a Corteva Agriscience, Divisão Agrícola da DowDuPont, anunciaram hoje a conclusão de um acordo de aquisição do negócio de Brachiaria da Corteva Agriscience pela Barenbrug. Sob os termos do acordo, a Barenbrug comprará os direitos de distribuição da Brachiaria híbrida cv. Mulato II (com exclusividade no Brasil e possibilidade de comercialização em Argentina, Bolívia, Paraguai e Uruguai), todo o portfólio de Brachiaria e tecnologias de P&D. Além disso, a Barenbrug também irá readquirir a participação minoritária que a Corteva Agriscience possui na Barenbrug Holding BV. Detalhes do contrato não estão sendo divulgados.

 

A Barenbrug e a Corteva Agriscience têm colaborado desde 2012 nos avanços em P&D e reprodução em forrageiras de Brachiaria. Em setembro de 2018, as empresas anunciaram um acordo para conceder à Barenbrug direitos exclusivos de distribuição da Brachiaria híbrida cv. Mulato II no Brasil para a safra 2018/2019. O anúncio de hoje consolida a liderança do portfólio de Brachiaria da Barenbrug.

 

“A Brachiaria é a mais importante forrageira tropical. Os avanços que as empresas têm feito no desenvolvimento de novas tecnologias e germoplasma ajudam a impulsionar melhorias de produtividade para os produtores, bem como melhorias no teor de proteína e digestibilidade das cultivares”, comenta Álvaro Peixoto, Diretor-Geral da Barenbrug do Brasil.

 

“Este acordo é um passo positivo para os clientes de ambas as empresas. Os clientes da Barenbrug se beneficiarão do forte progresso das duas empresas no desenvolvimento de germoplasma e P&D, bem como no excelente serviço da Barenbrug em gramíneas e culturas forrageiras”, disse Frank Barenbrug, membro do Conselho de Administração do Royal Barenbrug Group.

 

O desinvestimento faz parte dos esforços contínuos da Corteva Agriscience para se concentrar nas principais culturas estratégicas para a empresa e melhor atender seus clientes.