Componentes da Incrustação

 

Materiais inertes e de cobertura

 

Carbonatos de cálcio e magnésio, pó e líquidos inertes atuam separando fisicamente as distintas camadas de produtos aplicados sobre a semente. Permitem uniformizar o peso, volume e calibre das sementes revestidas, fornecem nutrientes, atraem água para a semente e atuam como lubrificantes sólidos recobrindo a semente e facilitando o plantio.

Polímeros

 

Podem ser naturais ou sintéticos. Compõem a matriz na qual os demais produtos são incorporados. Controlam a solubilidade das distintas camadas do revestimento e regulam a liberação dos produtos aplicados à semente.

 

Os polímeros usados na incrustação são também aqueles disponíveis para o recobrimento de produtos farmacêuticos ou alimentícios, sendo inócuos para a semente.

 

Solventes, tensoativos, adesivos, espessantes e excipientes:

São combinados junto com os materiais inertes e os polímeros para aderirem às sementes, dando forma à incrustação e agregando as características requeridas à cada camada.

 

Pigmentos: 

São utilizados corantes orgânicos solúveis em água e polímeros desenvolvidos especialmente para a incrustação.

 

Nutrientes:

São acrescentados macro e micronutrientes em formas rapidamente disponíveis para as plântulas, facilitando o processo de emergência e desenvolvimento inicial.

 

Defensivos:

Os tratamentos incluídos no revestimento Barenbrug incluem defensivos que protegem a semente e as plântulas contra fatores biológicos adversos tais como pragas de solo e doenças fúngicas, durante o estabelecimento.

 

A incrustação inclui o fungicida Maxim XL, de ação sistêmica e de contato, que apresenta amplo espectro de controle e prolongada ação residual, já o uso do inseticida Cruiser FS 350, de ação sistêmica, protege às sementes contra pragas de solo (formigas e cupins subterrâneos) durante a implantação. Os produtos aplicados possuem um efeito residual que se estende por até cerca de três semanas após a emergência, garantindo proteção no momento que a planta se encontra mais vulnerável.

 

Os produtos e a concentração usados na incrustação foram selecionados durante o desenvolvimento da formulação e dos processos industriais. Isto assegura uma compatibilidade físico-química ótima entre os distintos componentes aplicados sobre a semente.