Estabelecimento e Produção Inicial

A persistência e produtividade das pastagens dependem da população de plantas estabelecidas durante o processo de plantio. A obtenção da adequada população inicial é fundamental para garantir que os pastos atinjam seu potencial produtivo.

Somente os lotes de sementes Barenbrug de melhor qualidade fisiológica (boa germinação, vigor) e pureza física são selecionados para serem incrustados.

A tecnologia Barenbrug cria ao redor de cada semente uma zona mais favorável para a germinação e a emergência das plântulas. Estes benefícios são melhor observados quando o plantio é realizado em condições adversas, particularmente quando a disponibilidade de água é limitante. Como a incrustação das sementes é feita com material higroscópico, ocorre uma melhor captura da água disponível no entorno da semente, melhorando sua absorção. 

 

Outro benefício atribuído a incrustação é a proteção da semente contra flutuações de temperatura, contribuindo principalmente em situações de plantios antecipados – o “plantio no pó” – favorecendo assim a implantação de pastagens nas regiões onde essa técnica é adotada.

 

Também há o efeito protetor que o revestimento exerce sobre as sementes quando estas entram em contato com fertilizantes. Como há uma barreira física entre a semente e o meio externo, o revestimento promove uma proteção da semente por danos que podem ser causados pelo contato com fertilizantes, permitindo assim a mistura da semente com fertilizantes por períodos curtos de tempo.

 

Além disso, o revestimento garante a disponibilidade imediata de nutrientes ao redor da semente durante a emergência radicular, o que melhora a força inicial das plântulas e resulta em uma implantação mais rápida e uniforme.

 

A tecnologia de incrustação acrescenta valor a nossos produtos, aumentando a probabilidade de que cada semente se transforme em uma planta produtiva. Dessa maneira, buscamos modernizar o conceito de estabelecimento de pastagens, saindo do modelo tradicional que prioriza a densidade de plantio (kg de sementes/ha) para o modelo que busca estabelecer a quantidade de sementes requeridas por unidade de área para atingir as populações-alvo (plantas estabelecidas/m2), que no fim das contas é o que determina a produtividade inicial do pasto.  

 

Proteção desde o início

 

A incorporação de fungicida e inseticida permitem uma proteção contra o ataque de fungos e insetos do solo que são os principais responsáveis por causarem mortalidade de plântulas durante os momentos iniciais do estabelecimento. O resultado é que as sementes incrustadas atingem maiores porcentagens de sobrevivência comparada com sementes sem incrustação.

 

Este efeito fica mais evidente em sistemas de implantação por plantio direto ou em renovação de pastagens com cultivo mínimo. Nessas situações o risco de morte de sementes e plântulas é alto devido à alta carga de insetos e fungos prejudiciais existentes no solo. A incrustação Barenbrug minimiza os riscos de ataque destes agentes prejudiciais, eliminando ou reduzindo a necessidade de pulverizações para controle desses problemas.