Especialistas técnicos da Barenbrug respondem aos questionamentos mais comuns sobre o Cultivar Carcará

Quais as principais diferenças entre o Carcará e nossos outros cultivares (Sabiá, Cayana)?
O Carcará se trata de uma forrageira do gênero Panicum, enquanto os cultivares Sabiá e Cayana são Brachiarias. O Carcará é uma planta de porte alto e alta exigência em fertilidade do solo.

Quais as principais diferenças do Carcará para os outros Panicuns do mercado (Massai, Mombaça)?

O Panicum cv. Carcará se diferencia dos cultivares Massai e Mombaça por apresentar folhas mais largas e maior composição de folhas na massa de forragem, além de ter apresentado maior adaptabilidade e estabilidade da produção nos diferentes ambientes em que foi avaliado. É uma forrageira de alta exigência em fertilidade do solo, demonstrando elevada resposta à adubação em solos corrigidos.

Para quais produções (Pec, Equino, ILP, fenação, ensilagem) o Carcará é indicado?

O cultivar é indicado para os sistemas de criação de bovinos em pastejo, leite e corte, devendo-se atentar para não ultrapassar a altura de entrada recomendada de 70 a 80 cm. Devido seu alto potencial em produção de forragem, também pode ser utilizado para silagem e pré-secado. Em testes realizados em fazendas comerciais, houve uma boa aceitação por equinos. Nos diferentes sistemas de produção deve-se adotar um adequado manejo da pastagem para não ultrapassar a altura de manejo e deixar florescer.

Em qual tipo de solo se adequa melhor? Se estabelece em áreas arenosas?

Assim como a maioria dos cultivares de Panicum, é uma forrageira de alta exigência em fertilidade do solo, com grande capacidade de resposta à adubação. Pode ser cultivado em todos os tipos de solo, inclusive em solos arenosos desde que sejam realizadas as adequações dos nutrientes através da calagem e adubação de estabelecimento/manutenção, de acordo com o resultado da análise de solo.

Tolera solos encharcados?

“Aguardar o resultado do ensaio de vasos”

Qual a exigência em fertilidade?

É uma forrageira de alta exigência em fertilidade do solo, com elevado potencial de resposta à adubação em solos corrigidos.

É tolerante a seca?

O Carcará apresenta tolerância à seca desde que esta não ultrapasse 6 meses. Em condições superiores a isso ainda não foram realizados testes.

Qual a exigência em precipitação?

No mínimo 800 mm anuais, bem distribuídos no período de chuvas.

O cultivar aguenta o frio? Tolera geada?

A confirmar


Qual a janela de semeadura correta para a semeadura do cultivar?

Pode ser realizada a semeadura durante toda a estação chuvosa de acordo com cada região, respeitando um período mínimo de 90 dias que anteceda ao fim das chuvas, tempo suficiente para o completo estabelecimento da cultura.

Qual a taxa de semeadura indicada?

Em condições ideais de preparo do solo e adequações da fertilidade do solo, a recomendação é de 8 a 10 kg/ha de sementes incrustadas.


É resistente a cigarrinha?
O Carcará apresenta moderada resistência a cigarrinhas.


Quanto tempo mais ou menos até ocorrer a emergência de plântulas do carcará?

Em condições de boa umidade do solo, a emergência de plântulas ocorre entre os 7 e 21 dias após a semeadura.

Qual a porcentagem de PB?

Nas avaliações dos ensaios oficiais de VCU (valor, cultivo e uso) requeridos pelo MAPA, os valores ao longo do ano ficaram entre 6,9% e 16,6% na massa de forragem total, e entre 8,3% e 19,0% na lâmina foliar.


Qual a produtividade de MS?

É necessário entender que a produção de forragem está ligada diretamente às condições climáticas (temperatura, radiação e precipitação), fertilidade do solo e ao manejo que é realizado com a planta. Todos esses fatores de forma associada ou isolada, podem interferir no potencial produtivo que a planta apresenta. Em ensaios realizados em diferentes regiões do País, baseado em diferentes condições de clima e fertilidade do solo, o Carcará apresentou um acúmulo de forragem ao longo do ano entre 12,5 e 22,9 toneladas de matéria seca por hectare. Outro grande diferencial do Carcará está na sua grande produção de folhas quando comparado com o cultivar Mombaça.


Para qual sistema de manejo o Carcará é recomendado?

Para otimização do recurso forrageiro, recomenda-se que o Carcará seja utilizado em sistema de pastejo rotacionado devido ser um material de alta exigência em manejo e fertilização do solo. Para um maior desempenho do sistema de produção, recomenda-se que o Carcará seja manejado com altura de entrada entre 70 e 80 cm, e retire os animais quando alcançar entre 35 e 40 cm de altura de resíduo.

voltar