Pesquisa e Desenvolvimento

O programa de melhoramento e as atividades associadas estão baseados em nossa área experimental, localizada em Guaíra, que conta com completa infraestrutura para seleção e desenvolvimento de forrageiras destinadas as diferentes condições do Brasil, que posteriormente serão validadas in loco pela equipe de Desenvolvimento de Produtos, espalhada pelas regiões mais representativas do Brasil pecuário.

Atuamos com programa de melhoramento genético próprio cujo objetivo é desenvolver cultivares com qualidade agronômica superior aos existentes no mercado e fornecer as tecnologias de manejo correspondentes.

 

A equipe de melhoramento está trabalhando comprometida no desenvolvimento de forrageiras que somam alta produção, melhor valor nutritivo, resistência às principais pragas e doenças, adaptadas a diferentes tipos de solos e que proporcionem alto rendimento animal em pastejo.

O desenvolvimento destes novos materiais é resultado de programas locais e internacionais de pesquisa e desenvolvimento que combinam métodos tradicionais com os últimos avanços em biotecnologia.

 

A prioridade é implementar um plano de avaliação e seleção em cada região, para acelerar o desenvolvimento de cultivares superiores das principais espécies forrageiras tropicais e novos híbridos de Brachiaria.

 

Nossos novos cultivares estão sendo avaliados em lotes demonstrativos e fazendas de referência, localizadas nas principais regiões agropecuárias do país.

 

Os ensaios sob pastejo garantem a geração da tecnologia necessária para otimizar o potencial genético dos cultivares Barenbrug.

 

O objetivo é o de melhorar a rentabilidade e sustentabilidade dos sistemas de produção animal brasileiros em todos os ambientes e contextos climáticos e de mercado.

 

Com essa abordagem, a Barenbrug do Brasil está pronta para oferecer inovação e qualidade em sementes forrageiras para melhorar a produtividade animal e o lucro dos pecuaristas das diversas regiões do país.

 

Nossos cultivos são avaliados em lotes demonstrativos e módulos de produção animal em distintos agroecossistemas do país. Os ensaios sob pastejo garantem adaptação e valor agregado em cada sistema de produção a pasto, para melhorar a rentabilidade das empresas pecuárias.